#1 - De VINHAIS a RIBEIRA de PENA


(in English below)

A proposta é Trás-os-Montes. Atrai-me a rudeza, o cheiro da terra molhada e da bosta, as aldeias e suas parcas gentes, simples e desconfiadas e fundamentalmente as suas variadas paisagens... montes, escarpas, vales, oliveiras, sobreiros e amendoeiras.
Este pequeno troço começa em Vinhais: Vila acastelada, cujo centro Histórico, dentro de muralhas vale uma breve visita.  Para comer bem e barato indico "O Delfim" , na zona alta da vila, num prédio horroroso, cuja fachada nem sequer convida a entrar. Contudo surpreende: um bom fumeiro, (ou vinhais não fosse uma das capitais dele), uma belíssima carne e um ótimo sirah da região, que nem sabia existir. quinta-de-arcosso . Bom!! ... Quanto a hotel , há algumas opções . Desde o Hostel Solar de Rio de Fornos (para grupos) ou um simpático (com piscina) em Rebordelo, a 25kms pela N103. Hotel-refugio-sublime  cujo nome the faz justiça. 

Mas há mais! e o que não faltam são sítios para dormir e/ou comer bem !
O ponto zero deste roteiro sai precisamente deste último, Arrancando pela esquerda e seguindo por breve trecho (0,4 km) a nacional N315, derivando logo a seguir, num casario, para a esquerda, metendo num estradão de terra. (ponto 2)

click " ler mais " para ver o roteiro do percurso / to see more...


cujo primeiro "troço" de 12,2kms é este...

Este pequeno percurso é plano e praticamente sempre em terra batida, fácil e acessível a qualquer moto ou 4x4. Como nota, na Sra do Monte (Aguieiras) (ponto 3c) é possível, além da capela, e das vistas, verem-se ainda alguns vestígios de um Castro da idade do ferro. 
Em Quintas, pare, tire umas fotos e disfrute do Tuela. Depois vale a pena derivar (pontos 20 e 21) e ver a aldeia Jerusalém do Romeu ,e se calhar ver também o seu museu. Se der, almoce ou jante no Maria Rita... é divinal, apesar da sua popularidade, vale a pena.
Bom, e de tarde a viagem continua. Volta-se para trás e segue-se a calma N15 até Mirandela, para digerir o farto almoço! Temos 115 kms para percorrer até Ribeira de Pena, a maioria por estradas municipais, onde não faltarão algumas ligações em terra. A mais dificil, (simples contudo mas que aconselho andar em pé), está logo depois da aldeia de Canaveses, onde se corta 8kms por monte até Aboleira. 

Chegado a Vila Pouca de Aguiar, ou Ribeira de Pena, retoma-se o caminho de casa. Querendo pode-se continuar noutro roteiro que no futuro aqui dispensarei, ou então optar pela estrada nacional, dando por finalizado aqui o passeio.

como nota, informo que se clicar em cima das imagens elas ampliam e os kms são aproximados, já que são retirados do odometro da Moto.

Bom passeio!

-----


The proposal is Tras-os-Montes. Attracts me the rudeness, the smell of wet earth and dung, the villages and their meager people, simple and fundamentally suspicious and its varied landscapes ... hills, cliffs, valleys, olive trees, oaks and almond trees.This short section begins in Vinhais: castellated village, whose historical center, inside walls worth a brief visit. To eat well and cheaply indicate "The Dauphin", the high Village area, a hideous building, whose facade even invites her in. However surprising: a good smokehouse, (or vineyards was not one of his capitals), a beautiful flesh and a great Sirah the region, which not even know exist. fifth-de-Arcossó. Good !! ... As for hotel, there are some options. Since the Solar Hostel furnaces Rio (for groups) or friendly (with pool) in Rebordelo, 25kms to the N103. Hotel-refuge-the sublime whose name does justice.But there's more! and is no shortage of places to sleep and / or eat well!The zero point of this script out precisely the latter, plucking the left and following a short term (0.4 km) National N315, deriving soon to follow, in a hamlet, to the left, getting into a dirt dirt road. (Point 2)
This short course is flat and almost always on dirt, easy and accessible to any bike or 4x4. As a note on Mrs. Mount (Aguieiras) (point 3c) is possible, beyond the chapel, and the views, see themselves still some traces of a Castro from the Iron Age.On Quintas, stop, take some pictures and enjoy the Tuela. After worth derive (paragraphs 20 and 21) and see the Jerusalem village of Romeo, and perhaps also see your museum. If it works, lunch or dinner at Maria Rita ... is divine, despite its popularity, it is worth.Well, and in the afternoon the journey continues. He turns back and follows the N15 calm to Mirandela, to digest the abundant lunch! We have 115 kms to go until Ribeira de Pena, most by municipal roads, where there are plenty of links on some land. The hardest, (single yet but I advise walking on foot), is just beyond the village of Canaveses, where cuts 8kms by lot to Aboleira.Come to Little Village Aguiar, or Ribeira de Pena, takes up the way home. Wanting can continue in another script in the future here will dispense, or choose the national road, giving by finalized the tour here.as a note, I inform you that if you click on the images they increase kms and are approximate as they are removed from Moto's odometer. 

Have a good trip!

Sem comentários:

Enviar um comentário