#8- DE TOLEDO A MIRANDA / FROM TOLEDO TO MIRANDA


Valeram a pena os 3 dias passados em Toledo. Na realidade não chegam bem para ver tudo, tal a monumentalidade da cidade. A visita à catedral ocupa bem umas 5 horas, e é aconselhável levar o "guia Audio" na lingua pretendida (há em português). Bom, logo de manhã o ideal é fazerem-se à estrada. Este roteiro que proponho é simplesmente espetacular. Espanha não é só planicies a perder de vista, pelo contrario, é um país de contrastes e extremamente belo!

It was worth the three days spent in Toledo. In fact they do not get to see everything well, as the monumentality of the city. A visit to the cathedral takes about 5 hours, and it is advisable to take the "Audio system"  in the desired language (there are in English). The best is put out into the road early morning. This script I propose is simply spetacular. Spain is not only plains out of sight, on the contrary, is a country of contrasts and extremely beautiful! 


see more...


Os primeiros kms fazem-se por autopista A40 até Maqueda (30 minutos), depois iremos pela N 403 via Escalona, a qual merece uma paragem (ver aqui escalona ), principalmente pelo seu belo castelo-palácio, parcialmente em ruínas . Mais para a frente a estrada melhora substancialmente em termos e paisagem, começa-se a entrar em zona de montanha e piñares. Depois o lago de Burguillo e a subida para as frias fraldas da serra de Gredos, antes de avistarmos a velha e monumental cidade de Ávila. 



The first miles are made by highway A40 until Maqueda (30 minutes), then we will take the N 403 via Escalona, which deserves a stop (see here escalona ), mainly for its beautiful palace-castle, partly in ruins. Later on the road improves substantially in beauty of landscape, We begins to enter in mountain areas and pine groves. After come the Lake Burguillo and the ascent to the cold Gredos mountains ,before sight the old and monumental city of Ávila


É fundamental visitar esta cidade, gastar aqui umas horas e se calhar almoçar. "Tierra de chuletones y suaves dulces"!! E Ávila tem muito que ver que_ver_en_avila. Depois vamos seguir por uma estrada desinteressante até Salamanca, cuja visita deixaremos para outras núpcias, já que, pela sua beleza, movida e monumentalidade merece bem uma estada de 2 ou 3 dias.Não se engane a sair de Salamanca, é pela CL517 até Villarmayor onde se mete pela direita em direção a Ledesma a partir da qual pode pensar em parar para dormir. Ledesma é pequena mas fascinante e não faltam turismos rurais onde pode fazer "una escapada rural". Contudo se achar cedo pode dormir mais para a frente, mas estas estradas devem ser feitas de dia, pela sua paisagem selvagem e bruta e pela sua luminusidade, até aconselho que se faça de manhã!
Seguindo a SA302 vamos até Trabanca, onde viraremos para a SA316 descendo depois até ao profundo vale do Tormes e subindo de seguida até Fermoselle. ( no mapa está mal) É uma paisagem de excepcional beleza, estamos no Parque natural de Arribes del Duero e vale a pena passear a pé e observar bem esta natureza única. Também pode dormir em Fermoselle, vila declarada como conjunto histórico-artístico. (continua)

It is essential to visit this city, spend a few hours here and maybe lunch. "Tierra de chuletones y dulces" !! And Avila has much more to do Then we follow a boring road to Salamanca, whose visit will leave for other oportunity, since, for its beauty, "movida" and monumentality is well worth a stay of 2 or 3 days.Não mistake to leave Salamanca, is the CL517 to Villarmayor where we put the right towards Ledesma from which to think about stopping to sleep. Ledesma is small but fascinating and abound rural turisms . However if you find early can sleep more forward, but these roads must be made by day by their wild and raw landscape and its luminosity, I advise to be done in the morning !.Following the SA302 we will go till Trabanca, which will turn to the SA316 then down to the deep valley of the Tormes river and then rising to Fermoselle.. (not the same on the map) It is a landscape of exceptional beauty, we are in the Arribes del Duero Natural Park and it is worth walking and well observe this unique nature. You can also sleep in Fermoselle, village declared a historical-artistic ensemble. (to be continue)

A paisagem vai continuar de "cortar a respiração" . a Descida até à barragem de Bemposta, onde vamos passar para Portugal e depois a subida após a mesma é linda. Valerá a pena parar algumas vezes e tirar fotos ou apenas respirar o ar doce, puro e quente. Alias , em termos de clima a zona é muito quente no verão e muito fria no inverno, pelo que as épocas melhor ese mais bonitas são a primavera e o outono. Estamos a circular pela N221-7 até encontrarmos a N221 na qual viraremos à direita até Miranda do Douro.
Entramos pela ponte sobre o rio Fresno e visitaremos Miranda. Por isso chegamos cedo, a não perder o centro histórico  , as redondezas donde destacamos as arribas  e de preferencia um passeio de barco  que parte lá de baixo da estação Biológica Internacional do Douro (sob reserva / grupos).

 The landscape will continue spetacular. the descent to the dam of Bemposta, where we will move to Portugal and then to rise after, i's beautiful. Is it worth stopping a few times and take pictures or just breathe the fresh, pure and warm air. Incidentally, in terms of climate the area is very hot in summer and too cold in winter, so the best most beautiful ese times are spring and autumn. We are circulating the N221-7 until we find the N221 in which we will turn right to Miranda do Douro.

We entered the bridge over the river Fresno and visit Miranda. So we arrived early, not to miss the
centro histórico where we highlight, the surrounding cliffs and preferably a boat ride that part downstairs of the International Douro Biological Station (subject / groups)

Sem comentários:

Enviar um comentário