#16 ROTA PELOS CASTELOS - OLD CASTLE ROUTE


Hoje o dia foi assim, de muito sol e algo frio. Bom para uma rota  pela zona interior centro-norte de Portugal, Na Beira Alta Entre Douro e Mondego, onde existem inúmeros excelentes e bem conservados castelos e mosteiros medievais. O objetivo é visitá-los, viajando por estradões e estradas secundárias, ligando-os num mesmo roteiro de vários dias. Em links próprios poderão saber algo da sua história! Aconselharei onde dormir e comer, relembrando aqui que Portugal tem uma das mais saborosas e variadas gastronomias do mundo, e sem dúvida, os melhores vinhos, tudo isto a preços extremamente baixos, que somados à simpatia e arte de bem receber do seu povo e à segurança fazem deste país um destino de eleição a não perder! (este roteiro será completado por etapas, face ao seu tamanho)
Bairro do castelo - Lamego . creditos:CMLamego

Começo por este primeiro mapa, (que devem  observar com atenção). Mapa - Régua a Penedono O  início dei-o na cidade da Régua, onde não há...

... nenhum castelo, mas outros bons motivos de interesse. E de lá saímos pela N2, para Lamego,  algo monumental e que vale bem uma visita.(link) Lamego e o seu castelo.

  This route is by the centre-north of Portugal, between Douro and Mondego rivers, where there are many excellent and well-preserved medieval castles and monasteries. The goal is to visit them, traveling on some dirt roads and secondary roads, joining them in the same route by several days. In own links may know something of its history! I give some Counsels to sleep and eat, remember that Portugal has one of the tastiest and varied cuisines of the world, and undoubtedly the best wines, all at extremely low prices, which added to the warmth and art of hospitality of its people and the security make this country a favorite destination not to be missed! (This script will be completed in stages, due to its size) Start by this first map (which should look closely)
 Régua to Penedono - map  Start is in the city of Peso da Régua, where there is no castle, but other interesting sites. And there went out to Lamego, something monumental and well worth a visit. (Link) Lamego and his castle.

Saio para sul pela N-226, em direção a Tarouca e Moimenta da Beira. Passo na albufeira da Barragem de Vilar e logo depois viro à esquerda para a N-229 em direção a Senancelhe.  Estou curioso por ver as ruínas deste muito antigo castelo que guardava a foz do rio Távora.

Castelo Medieval - Porta do Sol - Sernancelhe
E por falar em rios Távora e  Varosa, não te esqueças de comprar uma ou duas garrafinhas do vinho desta região para disfrutares posteriormente quando não estiveres acompanhado da tua mota
!

Sigo agora para Penedono onde se encontra um dos mais antigos, belos e altivos, apesar de pequeno, castelo-solar português.
 Simplesmente belo! ver aqui o castelo 
(continua brevemente)
 
Penedono Castle

I went south on N-226, towards Tarouca and Moimenta da Beira. Step in lake of Vilar Dam and soon after turn left onto N-229 toward Senancelhe. I'm curious to see the ruins of this very old castle guarding the mouth of the river Távora. (see links and photo above)
Following now to Penedono where are one of the oldest, beautiful and haughty, though small, Portuguese medieval Castle.

  Simply beautiful!(see photo above)(to be continue soon)


Vou entrar agora no distrito da Guarda, talvez aquele onde existem mais castelos, mais de vinte! Sigo sensivelmente o percurso deste mapa- penedono to Fig.Castelo Rodrigo -map.
Começo pela N-331 em direção a Mêda onde do castelo só existe a torre do Relógio. Aproveitei para almoçar no rústico "Sete e meio" onde comi uma excelente posta de carne de porco. Segui para um outro espetacular castelo aqui muito perto; o famoso Castelo de Longroiva
Longroiva Castle (cred:Reino Batista)
altivo sobre a vila, exemplo de boa arquitetura medieval templária, apesar de muito degradado, excepto a sua torre de menagem. Povoação muito antiga esta "longóbriga", que pertence aos Templários desde 1145 e que vem dos visigodos e romanos.

Douro river
Vou agora pela N-102 apanhando depois a N-324 caminho de Freixo do Numão. Eis mais um excelente  Castelo_de_Numão Cansei-me um pouco a visita-lo, já que está plantado num cabeço rochoso, algo rude, mas isso não evitou que fosse à procura do "Castelo velho do Numão, estrutura em ruínas,



muito mais antigo, que já tinha visitado em tempos e que inclusivé foi cenário do meu livro "1385 o Golpe dos Bastardos". Perdi-me um pouco e por isso coloco aqui as suas coordenadas (em link) 41° 4' 20.65" N 7° 11' 30.99" O
Perdiz com suas crias Castelo Velho do Numão - Partridge w/ their youngs

 Está na hora de ir para Vila nova de Foz Côa.
Espero acabar aqui este meu primeiro dia!e 
aconselho Bairro_do_Casal a apenas 7km da vila

 continuo este roteiro no "#17 Do Coa ao Tua"


 I will now enter in the district of Guarda, perhaps one where there are more castles, more than twenty! Roughly follow the route of this map above.Start the N-331 toward Mêda where the castle there is today only the "tower of the Clock". Enjoyed for lunch in the rustic "Sete e meio restaurant" where I eat an excellent set of pork meat. I headed to another spectacular castle here, very close; the famous Castle of Longroiva proud of the village, good example of Templar architecture, although very degraded, unless your tower. Very old village this "longóbriga", which belongs to the Templars since 1145 and coming from the Visigoths and Romans.
I will now take the N-102 after picking up the N-324 road to Freixo de Numão. This is another excellent Castle
Castelo_de_Numão I got tired a little when I visit it, as it is planted in a rocky hillock, something hard, but that did not stop me to search of the "Old Castle of Numão, structure in ruins, much older, who I had already visited once and that was inclusive setting of my book "1385 Hit of the bastards." I lost myself a little so I put here the coordenades  41 ° 4 '20.65 "N 7 ° 11' 30.99"  

 It's time to go to Vila Novo de Foz Coa. I hope to end up here in my first day!And I suggest Bairro_do_Casal for stay.

Sem comentários:

Enviar um comentário