#21 - 9 COISAS A TERES EM MENTE AO ANDAR DE MOTO EM GRUPO


Tenho andado muitas vezes em grupo, apesar de não ser, de modo algum a minha maneira favorita de andar. Prefiro andar só!! talvez pelo facto de, na maior parte dos casos, os companheiros esquecerem regras básicas e não saberem assim andar em grupo! publico aqui um resumo que resolvi fazer, (apesar de não ser nada de novo) a fim de transmitir a minha modesta experiência neste campo e relembrar a todos os motards como se deve proceder.


1-   Façam uma reunião antes do tour (Breafing)

Devem todos fazer um Breafing que pode ajudar a decidir muitas coisas. Onde se vai parar, tempos que se preveem fazer para ir do ponto A ao B, qual o caminho que se vai tomar e o que fazer no caso de alguém se perder, etc. É nesta reunião que se alguém tiver dúvidas as deve esclarecer. Também devem certificar-se de que alguém no grupo tem um kit de primeiros socorros e ferramenta, entre outros items comuns. (por exemplo uma corda de reboque!!!)


1.1 - Decidir sobre a ordem da fila


Nessa reunião deve-se escolher o chefe-de-fila e o “vassoura”, quem vai andar à frente e quem vai andar atrás de todos. O chefe de fila não precisa de ser o mais experiente, mas sim aquele que sabe melhor o caminho será o responsável para indicar a todos os outros o que acontece à frente, semáforos, abrandamentos, congestionamentos, cortes de estrada, etc. Nunca deve passar um semáforo no amarelo, nem acelerar para passar no verde. O motard vassoura, por outro lado, é o responsável por definir o ritmo do grupo e deve ser um motard com experiencia. Todos além destes dois devem ter um local pré-determinado na formação, com os pilotos mais experientes na parte de trás e os menos experientes alinhados em zigue-zague atrás do líder.

1.2 – Sinais



Isto pode variar de acordo com o grupo. Precisam todos de concordar com os sinais e certifiquem-se todos que toda a gente os entendeu. Nota: não se fazem sinais com a mão / braço direito! Vão precisar de sinais para:

 
Ligar motores – O chefe de fila estende o braço esquerdo para cima e move o dedo indicador em um movimento circular.


Virar à esquerda - Levanta o braço esquerdo horizontal;


Virar à direita - Levanta o braço esquerdo com o cotovelo dobrado a 90 graus na vertical, apontando por cima do capacete;


Stop - Estende o braço esquerdo para baixo em um ângulo de 45 graus com a palma da mão virada para trás. 

Fila única - Posição da mão esquerda sobre capacete e estender o dedo indicador para cima;

Abrandar - Para fechar fileiras, levanta o braço esquerdo e repetidamente mover para cima e para baixo;

Sinais de luzes, também devem ser combinados.


Com estes sinais em mente, podes fazer uma condução mais divertida e livre de stress. 


2- Está pronto.


Prontidão inclui vir com o depósito já cheio, ter carga no telemóvel e mantê-lo contigo em todos os momentos, ter os documentos em dia, gps programado (se for o caso), roupa adequada (fato chuva na mala), viseira limpa, intercomunicadores, pressão nos pneus etc…  

3- Não te armes em esperto!

É muito importante o grupo andar junto, por isso mantem a tua posição. Não há nenhuma meta com bandeira ao xadrez à tua espera o que significa que não há necessidade de te vangloriares e mostrares como conduzes bem. Exibicionismo é altamente desaprovado, e pode comprometer seriamente a segurança de todos. Estás em equipa, nunca te esqueças. E também não deves parar em qualquer lugar sempre que te apetece, sem fazer saber ao grupo essa tua intenção.

4- Formação

Deixa um espaço confortável e seguro ao teu companheiro da frente. (1-2 segundos de diferença conforme velocidade) Se andarem numa única fila a margem de manobra é mais reduzida, logo o espaço deve ser maior. A melhor maneira de andar é alternar um à direita e um à esquerda. Mas nunca andes aos zigue-zagues ou alternes de lado.

5- Ultrapassagens

Não devem ultrapassar ao mesmo tempo várias motas o mesmo veículo (estrada).  Devem passar um a um. E no trânsito intenso devem certificar-se depois que todos ultrapassaram. Prudência e cumprir o código é a palavra-chave. 

6- Façam pausas.

Andar em grupo pretende ser divertido. Certifica-te de que não se está a tornar desnecessariamente cansativo. Devem fazer pausas no meio do trajeto e aproveita-las para reabastecer de gasolina e fazer xixi etc... Isto irá ajudar-te a manter os teus níveis de concentração e de energia e a saboreares cada momento. Nunca bebas álcool nem comas muito.

7- Separação

É altamente provável que um ou dois elementos fiquem para trás (devido a semáforo por exemplo). Por isso todos devem estar cientes dos pontos de descanso. Assim que um membro é deixado para trás, todo o grupo deve ir até o próximo ponto de repouso e esperar por eles. Não esperem parados nas bermas, principalmente em auto-estrada.

8- Vê se és atencioso.

Nem todos os motards tem o mesmo nível de experiência e conhecimento.
Devem planear a velocidade e a formação de acordo com o menos experiente, deste modo ninguém fica para trás. Deve haver espírito de entreajuda.

9 – nota: Estacionar.

As motos devem ser estacionadas de traseira para o passeio/berma e alinhadas umas com as outras (de preferência pela ordem de andamento do grupo, para facilitar manobras). Não há nada que mostre mais amadorismo a andar de moto que estacionar com a frente para o passeio e depois fazer um esforço enorme para a tirar de lá (nota que as ruas são inclinadas em relação ás bermas!)

Sem comentários:

Enviar um comentário