#7 - PELAS ASTURIAS, NAVARRA E PAIS BASCO

Picos Europa
Picos Europa

Picos Europa


picos Europa

Asturias

Olite, Castelo Real de Carlos III de Navarra

Ujué , perdida em Navarra

Javier, Navarra
Boltaña, Pirineus

Hotel monasterio, Boltaña

Fronteira Pirinéus com França

Praia da concha, San Sebastian, país Basco

indian

Tapas em Vitória, país Basco

Vitória /Gasteiz , País Basco 

na estrada

na estada , Castela e leão

casas subterraneas, Castela e Leão


Puebla Sanabria, terras de famíilia

#6 - PELA SERRA DO AÇOR -PIODÃO


 
Piodão
PELA SERRA do AÇOR
Ø De COIMBRA a PONTE das TRÊS ENTRADAS.
Esta é um passeio lento, para, em certas partes, desfrutar de paisagens montanhosas em estradas sinuosas e perigosas. Não é de modo algum aconselhável a quem tenha vertigens ou a autocaravanas, já que as estradas são estreitas, desprotegidas de rails e com precipícios brutais. Vamos passar por locais únicos, como a famosa “Aldeia de Xisto” Piodão, a Ponte das Três Entradas, o bonito Rio Alva, Vale de Maceira e o seu famoso santuário, entre outros muitos pontos de relevante beleza. Deve escolher um dia claro, seco e soalheiro; o nevoeiro e o gelo podem ser grandes problemas e estragarem assim um passeio inesquecível.





Plano
 Por motivos práticos aponta-se o início em Coimbra. Sair logo de manhã para se aproveitar bem o dia é um bom conselho e, parar diversas vezes para tirar fotos ou apreciar um ou outro recanto ou pormenor da paisagem, é outro. Por todo o caminho há excelentes restaurantes. Também não faltam locais para dormir e jantar, sejam turismos rurais campings ou soberbos resorts.
 Nunca é demais repetir que este é mais um percurso de alta montanha, muito lento, cujo objetivo é disfrutar da paisagem, fauna e odores desta zona. Não é para velocidades nem desafios de curvas e retas, sim para condução pachorrenta e confortável de capacete aberto.
 A Vila de Gois  tem a fama de ser a "Capital do Motociclismo", muito à conta do seu dinâmico moto clube. Vai-se deixar para outro capítulo a volta pela serra da Lousã e a visita às aldeias de xisto da Aigra Nova, Pena e Comareira cujos habitantes costumam dizer que esta terra soalheira é o ponto estratégico para quem visita as Aldeias do Xisto
A volta hoje é pela serra do Açor e se de Coimbra até Arganil, com paragem para um café em Gois, a viagem é pacífica e normal, é, a partir de Avô, que se disfruta do esplendor da verdadeira Serra. De Arganil até Avô segue-se a N242 pelo vale do bonito Rio Alva. 

De PONTE das TRÊS ENTRADAS até PIODÃO.

Seguimos então daí, atravessando o rio e pela mesma estrada até à incomum Ponte das Três Entradas e de lá, atravessando-a saindo pela direita começa-se a subir a Serra pela sinuosa M508. A primeira aldeia é a Aldeia das Dez, depois Vale de Maceira, que se atravessa pelo caminho particular do Santuário. A partir daqui é alta montanha e a estrada começa a apresentar precipícios assinaláveis e vistas deslumbrantes. Depois vira-se para a M508-1 e vem a descida para Piodão e nela mal se avista a aldeia deve-se parar para tirar as obrigatórias fotografias. È única e lindíssima esta aldeia, cuja única edificação sem ser de pedra viva é a igreja, também ela muito bonita e diferente. Compre um souvenir ou um licor e ajude esta população que certamente tem no turismo a sua única fonte de receita. 


De PIODÃO a OLIVEIRA DO HOSPITAL E DAÍ ATÉ VISEU

Sai-se daqui pelo lado contrario, pelo estreito CM 1134 (alcatroado), até Vide.
Depois de Vide, (ver mapa abaixo) deve apanhar a N230 e logo a seguir virar para a M515  em direção a São Gião,onde deve passar a ponte e virar à esquerda, acompanhando o Rio Alva. Pouco à frente tem as Caldas de São Paulo, onde se encontra um Resort de 5 estrelas que pode desfrutar a preços acessíveis na época baixa

Por fim sobe a serra até À N17, apanhando depois a direção a Oliveira do Hospital. Daqui a Viseu tem várias opções, todas elas apeteciveis.